O PROGRAMA


O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil foi implantado em 1986 com o Mestrado na Área de Concentração em Recursos Hídricos e Saneamento. O Doutorado nessa mesma Área foi implantado em 2002. As demais Áreas de Concentração foram sendo implementadas gradativamente: Estruturas (Mestrado em 1992 e Doutorado em 2002), Transportes (Mestrado em 1996; Doutorado em 2002); Arquitetura e Construção (Mestrado em 1997 e Doutorado em 2002) e Geotecnia (Mestrado em 2003).

Datas importantes:
1996 a Área de Recursos Hídricos e Saneamento foi dividida em duas Áreas denominadas Recursos Hídricos e Saneamento.
1997 a Área de Saneamento passou a ser denominada Saneamento e Ambiente.
2007 a Área de Recursos Hídricos passou a ser denominada Área de Recursos Hídricos Energéticos e Ambientais.
2011 as Áreas de Estruturas e Geotecnia foram unificadas passando a ser denominada Estruturas e Geotécnica.
2012 em função da criação do novo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Tecnologia e Cidade a área antes denominada Arquitetura e Construção, foi reestruturada e passou a ser denominada Construção.

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil possui hoje cinco áreas de concentração, com cursos de mestrado e doutorado: Construção, Estruturas e Geotécnica, Recursos Hídricos, Energéticos e Ambientais, Saneamento e Ambiente e Transportes.

Até dezembro de 2018, o Programa formou 1021 Mestres e 242 Doutores. Atualmente (03/01/2019) o Programa possui 230 alunos matriculados e 47 docentes permanentes, abrangendo todas as grandes áreas da Engenharia Civil.